Dicas da Chris #6 – Como fazer a sua própria caixa de transporte

Eu falei na dica anterior como a caixa de papelão é importante pra proteger o bolo com pasta dentro da geladeira. Agora eu explico como preparar a sua caixa.

Hoje eu compro brancas, por que faz parte do meu branding, mas por anos usei caixas de papelão comuns, essas de mudança mesmo. São super resistentes e desde que não tenham sido usadas não tem problema.

Faça você mesma CAIXA DE TRANSPORTE
O importante é que o tamanho da caixa seja do mesmo tamanho da base, assim o bolo não se move lá dentro. Lembre que aqui a gente usa bases descartáveis, tipo um papelão prensado super forte. Você pode ver que a maioria dos meus bolos está em base quadrada ou redonda, exatamente por isso, ja que há mais variedade de tamanho de caixa quadrada é maior do que retangular.

No Brasil usa-se muito os tabuleiros de MDF ou vidro, então sugiro fazer da mesma forma, o tamanho da caixa é igual ao tamanho do tabuleiro. E se a base é redonda, o diâmetro da base é a medida da largura da caixa.

Quando o bolo é mais alto que largo, eu aumento o tamanho da caixa para cima (às vezes preciso recortar e juntar duas), mas a base da caixa continua do mesmo tamanho da base do bolo.

Eu transporto o bolo no porta malas, e assim, mesmo que a caixa deslize um pouco o bolo lá dentro continua seguro. E para evitar o deslize é só colocar um tapete ante-derrapante no porta malas.

Espero que dê pra entender como eu abri a frente. Para tirar o bolo é só colocar a caixa numa mesa, colocar a mão por debaixo da base e deslizar o bolo pra frente.

Mais um detalhe, essa “janelinha” eu faço de própósito. Muitas vezes o cliente vem buscar o bolo com muita antecedência e eu preciso garantir que o bolo vai continuar perfeito até a hora da festa. Eu explico pro cliente que o bolo pode ir pra geladeira desde que mantido dentro da caixa. Mas o cliente quer abrir a caixa para ver o bolo, mas corro o risco do cliente não fechar/vedar a caixa corretamente e a umidade da geladeira estragar o bolo.

Como eu não quero correr o risco, eu faço o seguinte, se o cliente vem buscar o bolo pessoalmente eu só fecho a caixa na frente dele, depois de examinar o bolo. E também deixo a janelinha, porque às vezes não é a mesma pessoa que encomendou que vem buscar o bolo, por exemplo o marido e é claro que a esposa vai querer o bolo, daí ela pode ver sem ter que abrir a caixa. Assim reduzo o risco do cliente estragar o próprio bolo. E protege também o bolo dos dedinhos curiosos das crianças.

Esse bolo da sapatilha é um dos meus favoritos entre todos os que já fiz. Nem eu acreditei que era bolo.

ballet slippers

Até a próxima,

Chris